Projeto Unidos Somos Mais Fortes, Diabetes no Controle, de Indaiatuba


Em Indaiatuba, o integrante do Programa I Encontro Nacional de Jovens e Adultos com Diabetes, Edvaldo Furtado Apolinário, mais conhecido por Didi, com diabetes tipo 2 desde 1988 e presidente da Associação Sempre Amigos, propôs o projeto Unidos somos mais fortes, Diabetes no controle.

A iniciativa tem a ideia de oferecer educação em saúde multiprofissional, que visa construir o empoderamento da pessoa com diabetes, para melhor conviver com a sua doença, de forma a potenciar a responsabilidade pela sua autovigilância e autocontrole, prevenindo, ou atrasando o máximo possível, as complicações da condição e consequentemente, evitando a evolução silenciosa da mesma.

Sendo assim, os participantes receberão orientações em grupos e individuais sobre o uso adequado de medicamentos, conservação dos mesmos, autoaplicação de injetáveis e avaliação e investigação de possíveis interações farmacológica, assim como intervenção na posologia de medicamentos em uso, otimizando o efeito dos medicamentos prescritos pelo médico e avaliação nutricional e física. Além disso, os participantes terão a oportunidade de realizar troca de experiência para conviver melhor com o diabetes.

O primeiro grupo foi formado por 40 pessoas, que passou por uma etapa de seleção e foi submetido a uma avaliação com relação ao diabetes. As pessoas permanecerão na iniciativa durante seis meses e terão acompanhamento em  nutrição, atividade física, fisioterapia e farmácia. Todo mês, os coordenadores apresentam um relatório individualizado,  contendo a evolução de cada participante e, no final de seis meses, a Associação terá uma avaliação, com os resultados obtidos por cada participantes.

O projeto não tem prazo para finalizar, pois outro grupo será formado com o encerramento deste, mas os participantes, que quiserem continuar na iniciativa, poderão permanecer após os seis meses. Segundo Didi, “É intenção nossa também no futuro breve expandir o mesmo para outras cidades vizinhas de Indaiatuba, dando assim a oportunidade de outras pessoas com diabetes participarem do projeto. A expectativa é que os participantes tenham uma evolução no controle do diabetes e uma melhor qualidade de vida”.

“A mensagem que posso deixar para as pessoas é que procurem ter uma conscientização sobre o diabetes e que nunca tenham vergonha de falar que tem o diagnóstico. Elas inclusive podem se unir a outras pessoas com o diabetes da sua cidade para que ajudem tantas outras pessoas com a condição. Unidos seremos fortes e venceremos todos os desafios que o diabetes possa trazer a cada um de nós”, finaliza Didi.


Obrigado por comentar! :)