Participe do Abaixo-Assinado para que as crianças tenham acesso às insulinas, que provocam menos hipoglicemias


Atualmente, o Ministério da Saúde do Brasil disponibiliza na lista de medicamentos do SUS, apenas as insulinas humanas NPH (ação prolongada) e regular (ação rápida). Nas últimas décadas, houve uma evolução significativa no tratamento com insulinas, com o surgimento das insulinas análogas, que permitem melhor controle do diabetes e redução das hipoglicemias. As insulinas modernas de ação rápida possuem início de ação mais rápido e são eliminadas do corpo mais rapidamente do que a insulina humana regular, o que possibilita um melhor controle da glicemia, após as refeições e redução das hipoglicemias graves e noturnas. Entre as insulinas modernas estas são as de custo mais baixo e que possuem mais estudos sobre a sua eficácia e segurança, inclusive em crianças.

O diabetes é hoje uma epidemia mundial e no Brasil, é necessário que haja uma estratégia específica para o seu controle. Visando uma melhora planejada e gradativa do tratamento com insulinas no Brasil, solicitamos a incorporação das insulinas modernas (de ação rápida para todas as pessoas com diagnóstico de diabetes e idade menor ou igual a 14 anos. Outros países como Alemanha, Inglaterra, Chile, Costa Rica e Uruguai possuem insulinas modernas na padronização do tratamento de pessoas com diabetes. No Brasil, a judicialização da medicina tem permitido o uso de tratamentos mais adequados para pessoas com diabetes que têm a possibilidade de mover ação contra o Estado. No entanto, os pacientes atendidos pelo SUS não possuem estes tratamentos disponíveis.

Esta incorporação inicial para pacientes com idade igual ou inferior a 14 anos torna este primeiro passo factível, atenderá crianças com doença crônica que são prioridades em saúde pública no mundo e fornecerá dados que permitirão a análise para a progressão da melhora do tratamento com insulinas no Brasil. Com estes dados, será possível avaliar a incorporação de outras indicações para as insulinas modernas de ação rápida (todos com diabetes tipo 1, gestantes e idosos com hipoglicemias graves e noturnas frequentes, em uso de insulina humana regular), assim como de outras terapias, como as insulinas modernas de ação prolongada e bomba de insulina, indicadas em situações especiais, para os pacientes que persistem com hipoglicemias graves e noturnas apesar do uso da insulina moderna de ação rápida.

Esta é uma iniciativa das sociedades médicas e de profissionais de saúde (SBD, SBEM e SBP), bem como as entidades representativas de pacientes (ADJ, ANAD e FENAD). Essa é a nossa chance de mudarmos a realidade de pessoas com diabetes do Brasil, possibilitando uma qualidade de vida melhor.

Faça parte você também: Clique Aqui

A ideia é que este abaixo-assinado seja o primeiro passo para que todas as pessoas com diabetes tenham direitos às insulinas análogas. 

Obrigado por comentar! :)