Papo Reto com o Ministério da Saúde no 2º Encontro Nacional de Blogueiros da Saúde


No último sábado, na Câmara Municipal de Vereadores de São Paulo, ocorreu o 2º Encontro Nacional de Blogueiros da Saúde. Pude participar da iniciativa que trouxe um espaço para troca de conhecimento e aprendizado.

Duas das palestras me chamaram mais a atenção. Uma delas foi abordada pela mestre em Saúde Pública, farmacêutica, membro da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (CONITEC), Dra. Aline Silveira Silva que abordou o processo de incorporação de tecnologias no Sistema Único de Saúde e como Contribuir para uma Consulta Pública.

A outra foi de Dra. Maria Inez Pordeus Gadelha é diretora-substituta do Departamento de Atenção Hospitalar e de Urgência da SAS (Secretaria de Assistência à Saúde do Minsitério da Saúde). A palestrante falou sobre Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas do Ministério da Saúde. ência à Saúde).  Segundo a palestrante, “protocolos estabelecem critérios, com base em evidências, que garantam a segurança, a efetividade e a reprodutibilidade de uma tecnologia específica”.

Após as palestras, os blogueiros da área de diabetes tiveram uma conversa exclusiva para questionar alguns temas, entre eles: como em Belo Horizonte, no ano passado, houve a entrada no país de um glicosímetro, sem registro da ANVISA e como podemos abrir uma discussão para mudar o protocolo sobre insulina análoga.

Dra. Maria Inez não respondeu sobre a entrada do monitor, pois é uma pergunta que deve ser esclarecida pela ANVISA, mas recomendou identificar quem foi o órgão responsável pela licitação no município ou no estado e agendar um encontro com a Secretaria de Saúde do Município ou do Estado, para que este tipo de situação, ou seja, a entrega de glicosímetros sem registro não ocorra novamente. Com relação ao protocolo de insulina análoga, Dra. Aline Silveira Silva nos entregou um cartão e abriu um espaço para um diálogo. Ela quer que levemos uma evidência científica de que as insulinas diminuam a incidência de hipoglicemias noturnas, fato este que a Sociedade Brasileira já levou, mas podemos entregar novamente.

Com base nisso, vamos esperar arrecadar as 2 milhões de assinaturas para que possamos agendar este encontro e, assim, levar adiante esta causa que pode salvar vidas! Por isso, não deixe de compartilhar e assinar! Contamos com vocês:


 Insulinas melhores para crianças e adolescentes com diabetes do Brasil

Obrigado por comentar! :)