Bastidores de imprensa do Dia Mundial do Diabetes



Este ano, em especial, trabalhei muito mais para divulgação do Dia Mundial do Diabetes, quando comparado aos anos anteriores. Comecei a divulgar as notinhas para os principais portais de saúde e de diabetes um mês antes. Em seguida, entrei em contato com as principais rádios e tive retornos positivos das emissoras Jovem Pan, CBN, Gazeta, Iguatemi e Capital. Nesta última emissora, tive auxílio de uma assessoria de imprensa parceira.

Em paralelo, trabalhei o assunto do abaixo-assinado das insulinas análogas para o Portal IG. Veja a matéria em: http://saude.ig.com.br/minhasaude/2014-11-14/entidades-questionam-eficacia-de-insulina-distribuida-pelo-sus-e-cobram-mudanca.html e para o Jornal Diário de S. Paulo, que publicou a matéria em uma página inteira. Foi publicada uma nota sobre o Dia Mundial do Diabetes no Jornal O Estado de S. Paulo.


Uma semana antes, já entrei em contato com os principais produtores do SBT, TV Gazeta, TV Globo, TV Record, TV Cultura, RIT TV, TV Bandeirantes, TV Câmara e Rede TV, mesclando o Dia Mundial com o abaixo-assinado. Infelizmente dois dias antes de 14 de novembro a Dra. Karla Melo, responsável por inserir a iniciativa no Avaaz, foi surpreendida pelo falecimento do seu pai e precisei suspender o assunto momentaneamente. 

Mesmo assim tive retornos positivos das seguintes emissoras:
TV Gazeta: http://www.tvgazeta.com.br/?videos=diabetes#
TV Câmara: https://www.youtube.com/watch?v=Hk_P15_SP5Y&list=UUP8XlGjPSGj8JkuZ8hgDAJw
TV Bandeirantes: http://noticias.band.uol.com.br/cafe-com-jornal/video/15275224/mutirao-atende-pessoas-no-dia-mundial-do-diabetes.html
Rede TV: http://www.redetv.uol.com.br/Video.aspx?52,15,428488,jornalismo,redetv-news,dia-de-combate-ao-diabetes-exame-regular-ajuda-a-prevenir-doenca
Tv Globo: http://globotv.globo.com/rede-globo/sptv-1a-edicao/v/sptv-primeira-edicao-edicao-de-sexta-feira-14112014/3765413/
RIT TV: https://www.youtube.com/watch?v=Du7dyV4DXoM&list=UUnHUS48AR6Dq7YZpDKavoGw&index=11
SBT: http://www.sbt.com.br/jornalismo/noticias/46642/Metro-de-Sao-Paulo-recebe-campanha-de-combate-ao-diabetes.html#.VGnsMGd0xMs
E quando pensei que meu trabalho tinha sido encerrado, me ligaram do Inmetro para me dizer que o Fantástico tinha aceito minha pauta sobre testes dos glicosímetros, mas que eu não poderia entrar no assunto da acurácia, ou seja, dos valores dos testes de glicemia, pois poderia atrapalhar a matéria. Pensei por 1 minuto sobre isso e a produtora do Fantástico ligou para marcar a entrevista com algum médico que poderia relatar sobre o que é importante ter em um manual destes monitores de glicemia para ajudar o paciente a manuseá-lo. Agendei a entrevista com a Dra. Denise Franco, e saí correndo para acompanhar o depoimento. Quando o produtor e a equipe chegaram, acompanhei a montagem da luz, o teste do microfone e as perguntas que seriam feitas, fazendo algumas sugestões pertinentes, que poderiam alterar a leitura da glicemia. Quando terminou a gravação, chamei a atenção do produtor sobre as questões de glicosímetros serem distribuídos sem a homologação acadêmica de instituições como a Unicamp ou o Hospital das Clínicas. O jornalista fitou meus olhos, e disse que a pauta é muito pertinente e que irá levar para a próxima reunião de pauta.

Quando a matéria foi exibida no último domingo, senti uma sensação de frustração, pois somente uma frase da Dra. Denise foi inserida. Lá explicou sobre conteúdos que os manuais deveriam ter a fim de que o paciente possa utilizar e tenha menos erros de leitura. Infelizmente não foi para o ar. Tire suas próprias conclusões no link: 
Obrigado por comentar! :)